Início Site

Confira os jogos grátis para os assinantes da PSN Plus em Junho 2018

A Sony revelou o line-up com os jogos grátis para os assinantes da PSN Plus Junho 2018. Os jogos poderão ser baixados a partir de na primeira terça-feira do mês que vêm no período da tarde.

Jogos grátis da PSN Plus para Junho 2018

Confira abaixo a lista dos jogos da plus de Junho 2018 que receberemos gratuitamente no próximo mês:

PlayStation 4

  • Killing Floor 2
  • Life is Strange
  • Neon Chrome
  • Spy Chameleon

PlayStation 3

  • Abyss Odyssey
  • WRC 5: World Rally Championship

PlayStation Vita

  • Neon Chrome
  • Spy Chameleon

Confira os jogos grátis para os assinantes da Games With Gold de Junho 2018

A Microsoft enfim revelou o line-up com os jogos grátis para os assinantes da Games With Gold Junho 2018. Os jogos poderão ser baixados a partir do primeiro dia do mês que vêm logo de manha. Confira abaixo a lista com os jogos:

Xbox Live Games With Gold de Junho 2018

Confira abaixo a lista com os jogos da live gold de junho 2018 que vamos receber gratuitamente no mês que vêm.

Xbox One

  • SpeedRunners – Disponibilizado durante todo mês
  • Watch_Dogs – Disponibilizado de 16 de Junho a 15 de Julho

Xbox 360

  • Assassin’s Creed III – Disponibilizado de 1 a 15 de Junho
  • Dragon Age: Origins – Disponibilizado de 16 a 30 de Junho

Forza Horizon 3: Um dos melhores jogos de Xbox One 2018

Com gráficos absurdamente insanos, Forza Horizon 3 possui fluidez e desempenho, sem perder o brilho da estética. Um dos games mais queridos da Microsoft, prova que pode ser um dos melhores jogos Xbox One 2018 quando se trata de um simulador de corridas e não há ninguém que possa superá-lo.

A franquia de Forza vem crescendo demais nos últimos anos. O triunfo da série é tão estrondoso que não há comparações com nenhum outro game de corrida já feito. A aTurn 10 e a Microsft colocaram a Austrália como cenário natural de Horizon 3, misturando um festival de música e velocidade, onde você pode disputar corridas em paisagens paradisíacas, rachas em pistas, além de uma campanha solo gigantesca e um mapa imenso com inúmeras competições e colecionáveis.

O modo online também está presente, como nos antigos jogos da série. Com 350 carros, 10 ecossistemas distintos e inúmeras opções de corrida, Horizon 3 mostra que chegou com tudo e promete ganhar cada vez mais fãs. Confira agora 5 coisas que você precisa saber sobre Forza Horizon 3.

Forza Horizon 3: Um dos melhores jogos de Xbox One 2018

Máxima Personalização

Logo de cara você poderá notar, que tudo pode ficar do jeito que você quiser. Como dono do festival, você pode definir onde ocorrerá qualquer estágio dos acontecimentos, além de controlar suas próprias corridas. Tudo fica ao seu gosto, seja em uma paisagem desértica, numa floresta ou nas pistas litorâneas. Já a personalização dos carros se mantem como nos últimos jogos, permitindo a originalidade de designs singulares.

Liberdade

Com inúmeras novidades e melhoias, Horizon 3 expandiu ainda mais tudo o que vimos em Horizon 2, no Xbox 360. Misturando a jogabilidade de Forza 6 a um extraordinário mundo aberto, Horizon 3 consegue transmite uma verdadeira sensação de liberdade, dando a você autonomia total. No game você manda e desmanda e ainda vai onde quiser.

Concorrência Acirrada

Da mesma maneira que nos jogos anteriores da franquia, Forza Horizon 3 conta com uma inteligência artificial capaz de copiar o modo como seus amigos ou qualquer jogador jogam. O Drivatars, IA do game, permite que você encontre qualquer amigo no mapa, e ainda saiba em quais disputas eles estão. De tempos em tempos Anna – GPS falante do jogo – mostra a você lugares onde encontrar pilotos, para que assim você possa vencê-los e melhorar seu grid. Quanto mais abastado e variado for o seu grid, mais fãs seus eventos terão.

Trabalho em Equipe

Além dos duelos contra os Drivatars encontrados no mapa, você também pode chama-los para uma caravana sobre a bela Austrália. Isso mesmo, em Horizon 3, você é capaz de montar comboios que irão de um lugar ao outro, em busca de missões, colecionáveis, ou simplesmente se aventurar nos diversos cenários que o jogo traz. Além disso, o game ainda possui um modo Drone, onde você pode comandar um drone livremente pelo mapa, encontrando carros únicos e placas ocultas.

Jogabilidade

Em Forza Horizon 3, você perceberá que a jogabilidade é bastante rígida. Dependendo da escolha de seu carro, você conseguirá extrair mais, ou menos, do veiculo. Isso varia conforme a categoria dos carros e como cada um reage aos seus comandos na pista.

Com versões dubladas em português disponíveis para Xbox One e Windows 10, Forza Horizon 3 é o melhor jogo de Xbox One da série e possivelmente o melhor jogo de corrida já feito.

Sonic Mania: Um dos melhores jogos de PS4?!

O ouriço mais famoso do mundo digital está de volta. Triunfante e cheio de gás, ele chega acelerando por plataformas idênticas aquelas dos primeiros jogos. E com Sonic Mania está presente na lista dos melhores jogos PS4, pois além de excelente qualidade tem todo o estilo retro da era bidimensional e glamorosa da geração 16 bits.

Sonic Mania: Um dos melhores jogos de PS4

Tails e Knucles também são controláveis, com habilidades especiais para explorar as fases do jogo.

O início de tudo

No começo da década de 90, as empresas Sega e Nintendo disputavam acirradas o mercado de videogames. Os japoneses da Sega precisavam emplacar seu novo console, Mega Drive, superior tecnicamente ao console concorrente – o saudoso NES ou popularmente conhecido por aqui como Nintendinho.

O personagem Mario já havia se consolidado como mascote da “Big N” e a Sega se viu na obrigação de criar um oponente a altura para brigar pela liderança desse segmento do mercado.

Lançado em 1991, Sonic se tornou um fenômeno mundial e ícone dos videogames.

A tarefa de criar um mascote foi atruibuida a duas estrelas em ascensão da Sega japonesa: O jovem programador Yuji Naka e o encarregado de design Naoto Ohshima. Após 14 meses de trabalho, surgiu o ouriço azulado e o sucesso foi imediato.

O jogo Sonic The Hedgehog surpreendeu o cenário do entretenimento eletrônico com uma proposta diferenciada de ação e velocidade. Aliada a uma jogabilidade simples e contagiante, agradou os jogadores de todas as idades. O sucesso de vendas alçou a produtora Sega ao topo da indústria de videogames principalmente na era 16 bits.

De fã para fãs

Com uma postura mais agressiva, Sonic é o oposto de Mario, mais cheio de atitude e invocado. Basta largar o joystick e o ouriço bate os pés na tela, contrariado com a passividade do jogador.

Sonic Mania nos remete a era nostálgica dos anos 90, com todos os acertos dos primeiros títulos do ouriço azulado. Um trabalho esplendoroso de fãs entregando um jogo honesto, rápido e viciante. Uma carta de amor produzido por fãs.

Um dos produtores do projeto, Christian Whitehead criou anteriormente um fangame e trabalhou no remake de Sonic CD.  Ele faz parte de um time de criadores independentes recrutados pela Sega para rebootar a franquia.

O título é uma forma de reintroduzir novos ares para um jogo clássico referência do gênero plataforma.  A essência e o ambiente dos melhores jogos de playstation 4 estão ali, com seus acertos e defeitos, tal e qual a nossa memória vai nos levando a saudosa época do Mega Drive.

De volta aos Anos 90

Sonic Mania tem o DNA dos primeiros jogos da série. É como se tivesse sido feito nos áureos tempos da era 16 bits. Tudo está no jogo: a velocidade, a ação desenfreada e a personalidade carismática e cativante de um certo mascote azulado.

A proposta de Sonic Mania é condensar os primeiros jogos da franquia – desde Sonic The Hedgehog até Sonic & Knucles. A trama acompanha o trio de heróis novamente lutando contra o famigerado Dr. Robotinik e uma leva de robôs super poderosos.

A introdução animada é puro anos 90 e relembra o estilo usado no cultuado Sonic CD.

São 12 Mix Zones, com cenários e ambientações clássicas, mais 3 novos estágios. O jogo tem 2 finais diferentes. É uma experiência curta, levando em média de 4 a 5 horas para finalizar a jogatina. Além do modo campanha, existe também um modo de corrida contra o tempo e um multiplayer simples e enxuto. O menu de extras tem as animações e outros itens desbloqueáveis.

A direção de arte mantem as cores e gráficos pixelados da era 16 bits, mas com melhorias significantes no fundo dos cenários mais vibrantes e cheios de movimentos. As animações presentes em alguns cenários enchem a tela com efeitos fluidos e coerentes: Studiopolis, Mirage Saloon e Press Garden são exemplos de novidades e um primor nesse quesito.

A trilha musical e os efeitos sonoros foram remixados e mantiveram a qualidade da franquia. E a trilha musical de Sonic sempre foi um patamar acima da média. Todos os momentos tensos e com mais adrenalina são embalados com músicas de primeira qualidade.

Os poderosos chefões de fases e a busca pelas esmeraldas

Encontrar as Esmeraldas do Caos só é possível nessa fase bônus, criada especialmente para o jogo. Pode se preparar para momentos de stress e muita irritação.

Um fator positivo em Sonic Mania é a grande quantidade de batalhas com os chefes no final de cada fase. E nesse momento, as novidades são bem criativas: robôs gigantes destruindo tudo no cenário, uma aranha robô e uma inusitada e surpreendente batalha contra um chefe usando o quebra-cabeça Dr. Robotinik´s Mean Bean Machine, sucesso do Mega Drive e semelhante ao Tetris.

O jogo apresenta 2 fases especiais de bônus. Um deles é tirado diretamente de Sonic & Knucles com aquele desafio irritante de esferas azuis e vermelhas.  O outro estagio é novo e serve para encontrar as Esmeraldas do Caos, indispensáveis e vitais para a transformação de Super Sonic e revelar o segundo e verdadeiro final do jogo.

Com os novos poderes de Sonic fica mais complicado manter o controle. E isso é normal. É a maneira tradicional dos primeiros títulos do Sonic. Faz parte da essência do ouriço.

Ao contrário do jogo de um certo encanador italiano, onde a jogabilidade é lenta e as vezes bem truncada, o nosso herói azulado é puro caos. Em alguns momentos da jogatina, a sua velocidade desembestada transforma Sonic em algo descontrolável. Em outras situações, o personagem parece estar jogando sozinho, como se tivesse vida própria.

A Sega acertou em cheio dessa vez

Sou um grande fã de Sonic, o ouriço. Quem me conhece, sabe muito bem do meu apreço pelo mascote da Sega. Tenho todos os jogos clássicos e terminei todos os títulos lançados pela franquia. Não compartilho a opinião de alguns fãs dizendo que não existem jogos bons do Sonic após o fim da era 16 bits. isso é muito raso.

Confesso estar ansioso com essa nova empreitada. Quando pus as mãos no jogo – Todo mundo sabe que isso é figurativo, pois a mídia é digital, correto? – novamente um turbilhão de sensações e pensamentos voltaram para relembrar minha saudosa juventude há mais de 20 e tantos anos. Terminei o jogo quase cinco horas depois. Direto. Quase sem descansar os olhos e saciar minha sede.

Sonic Mania não é impecável. Tem erros de timming, corriqueiros na franquia, mas nada para desabonar a produção caprichada. É um exemplo de criar um título com o frescor da nostalgia e a urgência da atualidade. É passado e presente passado a limpo em um clássico e caótico ambiente bidimensional cheio de velocidade e atitude.

O preço do jogo – fator tão criticado por nós, consumidores, devido ao valor alto e abusivo –  também é um convite para todo proprietário de PS4. Sonic Mania está disponível na Live por R$ 39,00. Um valor justo para um lançamento deste porte.

Os 10 melhores jogos para celular Android Grátis

Você é amante dos games e acaba de comprar um celular novo. Logo depois configurar o básico, a primeira pergunta que provavelmente virá a sua mente é: Quais jogos posso jogar nesse aparelho? Bom, foi pensando exatamente nessa pergunta que decidimos desenvolvemos esse artigo com digamos os 10 melhores jogos para passar o tempo no celular (android). Afinal, muitos gamers quando vão jogar um games no Android, querem jogar para distrair a cabeça e sair um pouco da rotina, trabalho, família, contas a pagar, estudos e etc…

Dessa forma os jogos devem ser capazes, mesmo no celular, de conceder a você essa imersão a ponto de te fazer esquecer de um dia chato e cheio de problemas. Por isso, nesse artigo tivemos o cuidado de escolher somente games que realmente serão capazes de “salvar o seu dia”. Confira!

10 Melhores jogos para celular Android Grátis

imagem sobre os melhores jogos para android gratis

Candy Crush Saga

É um jogo de raciocínio que se passa no mundo das guloseimas, aonde você precisa juntar três ou quatro docinhos do mesmo tipo para tirá-los do tabuleiro e ganhar pontos. Viaje por terras mágicas, visite lugares bem legais, e combine doces para passar por vários níveis nesta deliciosa aventura.

imagem sobre os melhores jogos de celular gratis

Clash Royale

Clash Royale é da Supercell a mesma desenvolvedora de Hay Day e Clash of Clans. Clash Royale é um jogo de estratégia até mais que o Clash of Clans, pois é um jogo só de batalhas em que você precisa usar as cartas certas para vencer. O jogo se passa também em um tempo medieval de guerras e batalhas de um reino contra o outro reino. Clash Royale está no mesmo universo que Clash of Clans, tendo até os personagens de Clash of Clans no jogo.

imagem sobre os melhores jogos para baixar no celular

Clash of Clans

Clash of Clans é um jogo de estratégia que se passa em mundo medieval de guerras e batalhas em vilas. Clash of Clans é um jogo criado pela Supercell a mesma criadora de Hay Day. No Clash of Clans você joga e conversa com jogadores do mundo inteiro pelo chat, entre nesse mundo de batalhas e se divirta muito.

imagem sobre os melhores jogos de vila android

Hay Day

Hay Day é mais um jogo da Supercell mesma criadora de Clash of Clans e Clash Royale. Hay Day é um jogo que se passa no universo rural sendo assim um jogo de fazenda, e é considerado o melhor em mais 122 países no mundo. Hay Day é um jogo que te possibilita interagir com seus amigos do facebook como se eles fossem seus vizinhos fazendeiros aonde você sempre pede aquela ajuda.

imagem sobre os jogos gratis para baixar direto no celular

Pet Rescue Saga

Pet Rescue Saga é um jogo criado pela King, mesma criadora do Candy Crush, Farm Heroes. A King é uma empresa líder de entretenimento interativo do mundo dos dispositivos móveis. Eles já desenvolveram mais de 200 jogos que são uma febre no mundo todo.O Pet Rescue é um jogo que lembra um pouco o Candy Crush, só que no lugar das balas são blocos, e o objetivo é diferente do Candy, pois o objetivo é salva os animais que se encontram em meio aos blocos. O jogo se passa em um mundo todo de animais, aonde um outro animal os salva, no caso o seu animal, que é você no jogo.

iamgem sobre os melhores jogos para mobile android gratis

Subway Surfers

Neste jogo um garoto que fica grafitando os vagões de trem, e  tem que fugir do supervisor que quer prende-lo, nisso você controla os passos e direciona o rapaz nessa fuga pelos trilhos do trem, sempre desviando e pulando obstáculos e pulando em cima dos trens em movimento, se você para o supervisor pega ele.

imagem sobre melhores jogos para celular ios gratis

Fruit Ninja

Fruit Ninja é um jogo aonde você usa cortes de espada ninja para corta frutas, no jogo tem vários tipos de frutas para você picar, e vários tipos de cortes de espadas ninjas para usar.

imagem sobre jogos para celular gratis

Traffic Rider

Traffic Rider é um jogo de corrida de moto, só que essa corrida é uma simulação de um motoqueiro na vida real, com transito, carros do lado. Então se bater morre e começa de novo.

imagem sobre jogos para android gratis

Angry Birds

Angry Birds é um jogo aonde os pássaros tem poderes e suas vidas foram ameaçadas pelos porcos seus inimigos mortais, que também roubaram seus ovos, o objetivo do jogo é você usar os poderes dos pássaros para derrotar os porcos.

imagem sobre os melhores jogos para celular android gratis

Temple Run

Temple Run é um jogo de corrida que se passa em ruínas e templos antigos no meio da selva. Você precisa guiar o moço que está fugindo de bichos estranhos com uma pedra preciosa do templo, nisso você precisara desviar de obstáculos e pular raízes altas que estarão no meio do caminho..

Descubra quem são os jogadores mais bem pagos do mundo 2018

O futebol é um dos esportes mais assistidos em todo o mundo. Ele possui um número gigantesco em termos de audiência, o que resulta em um enorme fluxo de dinheiro no esporte. As somas gigantes são responsáveis ​​por tornar os clubes mais ricos que, por sua vez, são capazes de pagar salários impressionantes para seus jogadores.

Após as últimas transferências, o jornal espanhol Marca divulgou uma lista atualizada dos jogadores mais bem pagos do mundo 2018. Sem mais delongas, vamos dar uma olhada em quais jogadores entraram na lista dos dez melhores.

Jogadores mais bem pagos do Mundo 2018


10. Graziano Pelle (Shandong Luneng)

A equipe chinesa Shandong Luneng pagou 12 milhões de libras esterlinas para trazer o atacante italiano Graziano Pelle para a Superliga de Southampton em 2016. Seus salários de £300.000 por semana o colocaram em quinto lugar na lista dos maiores ganhadores do futebol na época.

Segundo a Marca , o italiano atualmente ganha 15 milhões de libras por ano.

O salário gigantesco foi mais uma fortuna do que uma melhoria de salário, considerando seus ganhos de £80.000 por semana no Southampton. Pelle se juntou a Hulk, Nicolas Anelka e Oscar na China, mostram como o país asiático havia venceu países como Rússia e Oriente Médio na compra de jogadores de alto nível.


9. Paul Pogba (Manchester United)

O Manchester United esvaziou de forma considerável seus cofres no verão de 2016, quando desembolsou 89 milhões de libras para trazer Paul Pogba de volta à Inglaterra. A soma gigantesca fez do francês o jogador mais caro da época.

Paul Pogba ganha no momento de £15,4 milhões por ano na Premier League, de acordo com os números da Marca .

Sua primeira temporada após o retorno não foi tão boa quanto ele poderia esperar, no entanto, o jogador de 24 anos tem silenciado seus críticos nesta temporada com ótimas atuações para o United nesta temporada.

A importância de sua presença não pode ser ignorada, considerando-se como os Diabos Vermelhos tiveram um desempenho ruim em sua ausência. Desde seu retorno, o Manchester United parece estar de volta ao seu melhor e está buscando a glória mais uma vez.

8. Kylian Mbappe (Paris Saint-Germain)

A sensação francesa Kylian Mbappe é um novato que entrou para essa lista após sua transferência de empréstimo do Mônaco para o Paris Saint-Germain no verão passado. Ele atualmente ganha £15,9 milhões por ano, sob seu novo contrato com a Les Parisiens.

Mbappe conquistou o prêmio Golden Boy em 2017, batendo o compatriota Ousmane Dembele e Marcus Rashford ao título. No Parc des Princes, ele replicou com sucesso seu desempenho de 15 gols e 11 assistências em 27 jogos até o momento.

O pródigo homem francês é uma parte indispensável de um trio devastador ao lado de Neymar e Edinson Cavani. Com ele produzindo performances deslumbrantes semana após semana para o clube, o PSG certamente não hesitará em disparar sua cláusula de buy-out de £166 milhões no próximo verão.

7. Hulk (Shanghai SIPG)

O atacante brasileiro Hulk tem sido uma presença constante entre os maiores ganhadores do futebol do mundo. Ele se juntou ao Shangai SIPG por uma taxa de £45 milhões em 2016. Sua transferência do Zenit St. Petersburg foi a maior transferência asiática na época, interrompida pela chegada de seu companheiro de equipe internacional Oscar a China.

O jogador de 31 anos atualmente recebe uma renda anual de £17,6 milhões, de acordo com o tabloide espanhol Marca.

Hulk conquistou a Super Liga chinesa, ganhando 34 vezes em 52 jogos pelo clube em todas as competições.

Em 2017, o atacante brasileiro expressou seu sonho de jogar na Premier League, citando a competição na Inglaterra como o principal fator desencadeador de seu desejo. No entanto, resta saber se algum dos pesos-pesados ​​da Premier League pode conseguir trazê-lo de volta à Europa.

6. Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

Um choque completo! Cristiano Ronaldo, sendo um dos dois ditadores da geração, ao lado de Leo Messi, não conseguiu chegar ao top 5 da lista, de acordo com os números exibidos pela Marca .

O gigante portugues está atualmente cumprindo seu contrato que deve expirar em 2021. A partir de agora, ele ganha 18,5 milhões de libras por ano, segundo o tabloide.

Ronaldo está atualmente passando pela pior fase de sua carreira, tendo marcado apenas seis gols na liga depois de voltar da suspensão de cinco jogos em setembro do ano passado.

Ele supostamente exigiu que a hierarquia de Madrid lhe oferecesse um salário equivalente às figuras de Lionel Messi no Nou Camp. No entanto, resta saber se Florentino Perez cede às exigências de seu talismã, apesar de suas performances sem brilho para o clube.

5. Ezequiel Lavezzi (Hebei China)

Ezequiel Lavezzi foi outro astro de alto perfil que mudou para a Super Liga chinesa em 2016. Assinando um contrato de 23,5 milhões de libras pela Hebei China, o argentino atualmente ganha 20,3 milhões de libras por ano, segundo os números da Marca .

Havia rumores de que seu salário estava próximo de 700 mil libras, mas o clube confirmou mais tarde os números que ganharia em seu contrato de dois anos.

Em sua primeira temporada com o clube, Lavezzi não conseguiu justificar seu preço, aparecendo apenas 10 vezes e não marcando nenhum gol. No entanto, em sua segunda temporada, ele se redimiu com 20 gols em 27 jogos.

4. Oscar (Shanghai SIPG)

Oscar causou indignação quando escolheu se transferir para o Shangai SIPG por um contrato de £60 milhões em 2016. Sua mudança para o clube chinês é a transferência asiática mais cara de todos os tempos.

Além disso, ele foi o jogador mais caro transferido em janeiro; um recorde que foi superado por Phillipe Coutinho após sua transferência para o Barcelona este mês.

Ele foi criticado por escolher uma liga mais baixa na idade de 24 anos, quando poderia ter jogado facilmente pelos clubes de elite da Europa depois de deixar o Chelsea. Atualmente, ele ganha 21,1 milhões de libras por ano, segundo a Marca, e é o quarto jogador nessa lista que joga em um clube chinês.

3. Alexis Sanchez (Manchester United)

O acordo de troca de Alexis Sanchez com Henrikh Mkhitaryan indo para o outro lado tem sido o ápice da temporada. Além da ascensão de sua popularidade mundial como Man United no.7, o jogador de 30 anos deve se tornar o maior ganhador da Premier League, com salário de £450.000 por semana. Ele vai sacar uma quantia de 23,4 milhões de libras quando completar sua transferência para Old Trafford, de acordo com a Marca.

Alexis Sanchez foi parte integrante das campanhas vencedoras da FA Cup no Arsenal em 2015 e 2017. Na temporada 2016-17, o chileno estava no seu melhor imperioso, marcando 30 vezes em 51 jogos para os Gunners.

Sanchez é esperado para replicar sua forma impressionante no Arsenal para o Old Trafford. Resta saber se ele pode justificar os salários gigantescos que ele estará ganhando no Manchester United.

2. Neymar (Paris Saint-Germain)

O Paris Saint-Germain quebrou o recorde mundial de transferências quando arrebatou Neymar das garras do Barcelona por £198 milhões no verão passado. Considerando a taxa absurda que pagaram por ele, é natural vê-lo entre os três maiores ganhadores da lista no momento.

De acordo com seu último contrato, Neymar vai ganhar 31,7 milhões de libras por ano no Parc Des Princes.

1. Lionel Messi (FC Barcelona)

Lionel Messi se tornou o maior ganhador da lista depois da transferência de Carlos Tevez para o Boca Juniors em janeiro deste ano. Todos os torcedores do Barça podem ter dado um suspiro de alívio quando o argentino assinou uma extensão de contrato no final do ano passado. Sob seu novo contrato, até 2021, o argentino merece uma soma anual de 40,5 milhões de libras, segundo a Marca .

Não há dúvida de que Leo Messi atua igualmente bem em todos os jogos e merece o dinheiro que ganha no clube, mas o jogador de 30 anos também foi classificado como o futebolista mais bem pago do mundo atualmente e não parece que vai perder essa colocação tão cedo.

Fifa 18: EA Sports acertou e tornou o jogo um dos melhores lançamentos Xbox One 2018

Fifa 18 chegou mundialmente hoje, e trouxe com ele um jogo de futebol ainda mais próximo da realidade, investindo pouco em gráficos e jogabilidade, mas investindo muito em novidades.

Um dos melhores lançamentos Xbox One 2018?

Mais uma vez a EA Sports acertou em cheio em mexer pouco e ajustar somente o necessário, como por exemplos gráficos e jogabilidade. Gráficos tiveram uma leve melhora em relação ao 17, jogabilidade por sua vez tiveram uma boa mudança, muitos movimentos novos foram implementados no jogo como passes, chutes e cruzamentos, tornando o jogo um dos melhores lançamentos Xbox One 2018. Os goleiros do jogo também melhoraram, ainda um pouco fora do ideal, mas com um belo passo em relação a versão anterior, fazendo defesas mais difíceis.

O jogo em si ficou mais lento, até mesmo no modo multiplayer onde sempre dava a impressão do jogo ser um pouco mais veloz que o normal. Com isso, a EA ganhou mais um ponto, deixando o jogo mais equilibrado e evitando pegar um jogador veloz e passar por todo mundo na base da correria. Agora o jogo ficou mais estratégico, tendo que tocar mais a bola e tentar abrir mais espaços na defesa adversária.

Modo Carreira

Um dos pontos fortes do FIFA 18 foi a melhoria do modo carreira. Várias novidades foram implementadas no jogo, como por exemplo a animação do seu técnico com o jogador preterido e o treinador do time atual dele na hora das negociações. Esse modo é opcional, mas como foi uma novidade aprovada por muitos antes mesmo do lançamento oficial, podemos considerar que essa novidade ficará para as próximas versões.

Outra novidade em relação a animações é a apresentação dos jogadores na aba “últimas notícias”, ao contratar o jogador, aparece a imagem do novo contratado mostrando o número que ele vai usar em seu novo clube. Além disso, aparece um pequeno vídeo do novo jogador ao lado dos novos companheiros do clube.

Os objetivos do treinador na temporada não mudaram em relação a versão anterior, são basicamente os mesmos objetivos, revelar uma jóia da base, divulgar o clube nacionalmente e internacionalmente e melhorar as finanças do clube.

A Jornada – Matando a saudade de FIFA Street

Não foi do jeito que queríamos, mas deu para ter uma boa nostalgia e matar a saudade do histórico FIFA Street. A expectativa do todos em ter um modo separado de FIFA Street no FIFA 18, com possibilidade de jogar com qualquer time nele foi apenas um boato. Isso só será possível no modo Jornada, onde Alex Hunter retorna ao game no futebol de rua, logo na primeira aparição.

Assim como no modo carreira, a EA acertou também em ajustar apenas o necessário e colocar algumas novidades na Jornada, agora, Alex Hunter poderá jogar em diversos países da Europa, e não mais apenas na Inglaterra como no FIFA 17.

Infelizmente ainda não temos a opção de criar nossos próprios jogadores, porém agora temos a chance de personalizar Alex Hunter, com diversas opções de cabelos e tatuagens pelo corpo, chuteiras, uniforme para dentro ou para fora e camisas e calças usadas por ele quando está longe dos gramados.

Para quem gosta de coisas extracampo, o modo A Jornada é um prato cheio, com várias personalizações no jogador, decisões a serem tomadas durante a temporada e claro, ir bem em todos os jogos para não viver no banco de reservas.

Ultimate Team

Ultimate Team assim como os outros modos do game teve uma boa melhora com algumas novidades, uma delas é o Squad Battle, uma espécie de Fut Champions Offline, onde você enfrenta vários times controlados pela máquina, montado por jogadores mundialmente conhecidos e com opção de escolher a dificuldade, cada dificuldade gera uma determinada quantidade de pontos, fazendo você subir no ranking e ganhar prêmios e pacotes.

Um ponto muito positivo criado pela EA nesse modo é o sistema de pausa durante o jogo, onde o jogador aperta o pause e o mesmo fica solicitado, pausando o jogo somente quando a bola sai de campo, não sendo mais possível pausar quando você pegar na bola, coisa que muitos jogadores usavam isso como arma, propositalmente, para irritar o jogador adversário e parar o jogo.

Resumo – Vale a pena comprar no lançamento?

FIFA 18 se manteve no topo dos games de futebol fazendo leves mudanças em relação a gráficos e jogabilidade, e adicionando muitas novidades. É uma técnica adotada há algum tempo tempo pela franquia, em manter o que era bom e mudar o que era necessário.A parceria com a Frostbite fez o game subir um patamar desde a última edição do jogo, caindo ainda mais nas graças dos gamers.

Para quem ama jogos de futebol, vale a pena comprar esse lançamento de Xbox One, podemos garantir que você não vai se arrepender.

Novo God of War: Um dos melhores lançamentos para PS4 de 2018

Depois do anuncio do novo God of War durante a conferência da Sony na E3 2016, o game tomou proporções gigantescas, e hoje sem dúvida está entre os lançamentos mais aguardados de 2018.

Porém, existem várias dúvidas sobre o jogo e para tentar responder essas e muitas outras que devem surgir até o lançamento do game. Nós resolvemos produzimos este artigo, onde vamos tentar responder todas as perguntas desse que com certeza será um dos melhores lançamentos PS4 2018. Mas, antes, gostaríamos de lembrar que esse artigo será atualizado com frequência por isso, sugerimos que você visite essa página sempre que possível, e caso tenha uma pergunta ou saiba de alguma informação que não está presente aqui, por favor, nos envie uma mensagem utilizando nossa página de contato.

Bom, agora chega de papo e bora conferir as melhores curiosidades sobre o Novo God of War!

Novo God of War: Um dos melhores lançamentos para PS4 de 2018

Esse é um reboot da franquia?

Quando o gameplay do novo God of War foi exibido, durante a conferência da Sony na E3 2016, muitos sugeriram que esse era um reboot da franquia. Mas isso não bem verdade, o Kratos que vemos no gameplay é o que já conhecemos e o mesmo que esteve presente em todos os jogos anteriores, porém bem mais velho e inserido em uma outra mitologia.

Mas o que aconteceu depois de God Of War III?

Bom, a cicatriz da Blade of Olympus de Zeus no abdome de Kratos e o seu golpe de fúria que ainda se chama Spartan Rage. São comprovações de que o jogo se passa após os eventos de God of War III.

Porém, tudo o que aconteceu nesse hiato ainda não foi revelado, contudo o produtor do jogo esclareceu que esses fatos serão revelados no futuro.

O garoto é mesmo filho de Kratos?

O garoto presente no gameplay de fato é filho de Kratos. A produtora ainda não quis revelar o nome do menino, mas confirmou que ele vai acompanhar o pai durante todo o jogo.

A Santa Monica, ainda revelou que será possível controlar o garoto, e que ele terá participação em vários momentos do jogo como em combates, exploração e resolução de “quebra-cabeças”. Porém esse controle será de forma passiva com o uso de um único botão dedicado.

Como será a historia?

Como já dito os lançamentos playstation 4 2018, irá se passar depois dos acontecimentos de God Of War III. Inicialmente a história vai explorar os dois personagens, mostrando o crescimento e envolvimento de ambos durante a jornada.

A narrativa será construída sobe a dinâmica de ensinamento e aprendizado entre pai e filho. Onde Kratos ensinará o filho a se tornar um deus, enquanto o menino, sutilmente, ensinará o pai ser humano novamente.

Porém isso não será como um passeio no bosque. O clima épico que conhecemos nos jogos anteriores estará presente novamente no novo God of War. Isso ficou explicito no gameplay mostrado na E3 2016 porque os produtores queriam revelar outra faceta de Kratos.

Kratos terá um “medidor de fúria”?

Segundo o produtor no jogo, Kratos fez uma série de escolhas duvidosas na vida e hoje tenta se redimir e consertar as coisas, muito em função do seu filho. Mas a essência de Kratos ainda continua viva dentro dele e ele deverá aprender quando deve ou não deve soltá-lo.

Podemos notar indícios da antiga fúria de Kratos em alguns momentos do gameplay quando uma espécie de “medidor de fúria” aparece na tela. Ao que tudo indica teremos que controlar a fúria do espartano e de modo a contê-la em alguns momentos, mas liberá-la em situações de batalha assim como acontece no gameplay quanto Kratos enfrenta o gigante.

Em qual mitologia se passa o game?

Durante o gameplay elementos como escrituras, Valquírias voando, a palavra Valhala mencionado pelo gigante que (possivelmente um Jotun) comprovam que o jogo se passa durante a mitologia Nórdica.

De onde vem o machado usado no gameplay?

No vídeo notamos a ausência das mitológicas Blades of Chaos, no lugar delas Kratos empunha um machado mitológico que possui o poder de congelar e emite uma cor azul nos momentos de luta. Assim com as antigas lâminas, o machado com certeza terá uma história particular, que será explicada no jogo.

Porém na mitologia nórdica Skadi é a deusa do inverno e da caça. Isso pode ser uma pista da origem do machado e da mãe do garoto.

O jogo será em mundo aberto?

O novo God Of War não será em mundo aberto, ele será linear, ou seja, sem interrupções, sem loadings, sem cinemáticas, tudo será em tempo real.

Câmera será controlada por você

Diferente do outros jogos da franquia onde a câmera do game era estática, com alternâncias padronizadas, no novo God Of War ela será ser controlado pelo jogador com o auxilio das alavancas.

Essa é uma mudança extremamente importante já que teremos um jogo mais profundo, amplo e repleto de novos caminhos, segredos, recursos de artesanato e itens colecionáveis espalhados pelo cenário.

Mais Elementos RPG

O game vai contar com mais elementos de RPG, você terá recursos de craft, armaduras e poderá melhorar seu inventário. Vários sistemas serão apresentados nos próximos meses, mas ao que tudo indica será possível forjar novos itens com o que você conseguir coleta pelo caminho.

Descubra onde comprar um cartão da PSN Plus para jogar Deus Ex: Mankind Divided gratuitamente

Depois de cinco anos de espera, desde o último lançamento da franquia, com Human Revolution, Deus Ex retornou ao mundo dos games, com um novo game muito melhor que o anterior. Apesar de não ter sofrido uma interrupção tamanha, comparada à Invisible War (2003), as consequências de um hiato menor são notadas.

Deus Ex: Mankind Divided traz novas localidades, habilidades e uma nova narrativa, porém, mantêm o mesmo ‘template’ de Human Revolution, que elevou a franquia à um patamar dos ilustres nomes dos videogames.

A história de Mankind Divided, se passa após dois anos de Human Revolution, agora, Adam Jensen trabalha para a Interpol, averiguando um ataque terrorista em Praga, local em que se passa maior parte da saga até o seu final, em um combate épico!

Ficou empolgado?! Que tal jogar esse jogão gratuitamente?

Onde comprar um cartão da PSN Plus para jogar Deus Ex gratuitamente?

Sim, é isso mesmo! Você pode jogar o melhor game da franquia Deus Ex gratuitamente nesse mês de janeiro. Basta ser um assinante da PSN Plus. Essa é um ótima oportunidade para adquirir um jogo top já que não é sempre que Plus libera jogos como esse.

Para você que ainda não é assinante da PlayStation Plus, porque não possui um cartão de credito. Aconselhamos a comprar um cartão da PlayStation Plus pagando com o boleto. Esse link explica em detalhes como assinar o serviço comprando um cartão da Plus mesmo que você não possua um cartão de crédito.

Se você nunca jogou nenhum game da franquia Deus Ex não se apavore. Pois separamos uma lista com dicas essenciais que vão ajudar você a “começar com o pé direito” em Deus Ex: Mankind Divided. Confira!

10 Dicas essenciais sobre Deus Ex: Mankind Divided

01. Não jogou Human Revolution? Sem problemas…

Deus Ex: Mankind Divided se passa 2 anos depois dos fatos ocorridos do game anterior. Portanto, se você não obteve a experiência de jogar – ou não se recorda da historia – no inicio há uma desejada resenha de tudo o que aconteceu em Human Revolution (JOGUE!).

02. Para cada escolha um novo caminho

As consequências da narrativa dos jogos da psn plus são dadas de acordo com cada escolha que você faz ao longo da historia. Isto é, cada decisão implicará em um resultado diferente e inusitado no final, podendo gerar finais distintos.

03. Liberdade de jogar como quiser

Em Deus Ex, você escolhe como quer jogar. Combate ou stealth? Extintor de incêndio ou Rifle? O modo de lidar em um combate, hacking, opções de interação, em geral, é amplo. E, o game oferece tudo isso em abundancia para você realizar as suas metas.

04. Missões secundárias

Com o intuito de fazer “algo a mais”, a Eidos-Montreal, desenvolvedora do jogo, teve muito zelo ao fazer as missões secundárias. Nada é genérico nessas missões. Tendo personagens diferentes, com histórias próprias, implicando em desfechos alternativos.

05. Novos aprimoramentos e mais equipamentos

O agente da Interpol, Adam Jensen, tem um leque de aprimoramentos totalmente renovado, desse modo, você poderá selecionar quais equipamentos para cooperar na sua maneira de jogar.

06. Novas armas e munições

Em Mankind Divided, as armas são customizadas rapidamente com acessórios e munições distintas.

07. Atenção quando conversar

Escolher com quem conversar, é uma das principais maneiras de interação no jogo, sendo um recurso de extrema importância, pois, os diálogos darão informações essenciais sobre como resolver algumas questões para chegar até seu objetivo.

08. Mundo real / Fictício

Com um universo intenso e idealizado, o game traz, em sua nova saga, novos lugares (reais e fictícios). Entre eles: Praga, como já dito, Dubai, e, Golem City, um bairro fictício.

09. Som e imersão

A trilha sonora do game assim como os efeitos sonoros, foram desenvolvidos de forma minuciosa, garantindo assim uma ampla imersão quando se está jogando. Tudo se adapta conforme as suas ações, esteja você em um combate ou em uma invasão precisa.

10. Acabou? Ainda não…

Após o terminar o jogo, você poderá ter acesso a um modo novo jogo extra, o Plus. Desta maneira, é legal que você zere o jogo por diversas vezes, tendo em vista, fazer escolhas distintas, ocasionando resultados diferentes ao final.

Deus Ex: Mankind Divided estará disponível para download gratuito pela PlayStation Plus na primeira terça-feira do mês de janeiro, então fique ligado!

Pensando Fora da Caixa: O que esperamos dos games with gold?

Agora, já na reta final da E3 2017, podemos parar pra analisar se realmente estamos felizes com o que as produtoras de games nos apresentaram, e fazer uma projeção de quais tendências temos pra a indústria quais jogos são relevante par recebermos nos de games with gold nos futuros meses.

Novas Franquias com novas fórmulas

Todo ano saem franquias novas. Será mesmo? Com o crescimento do custo de produção dos games é cada vez mais arriscado apostar em uma ideia nova para um padrão de design, motor gráfico, jogabilidade, enredo e etc, e as produtoras, como visam o lucro, resistem a ideias que não têm segurança de que darão certo.

Como consequência disto, vemos quase sempre títulos diferentes com as mesmas fórmulas de sempre, glorificados como se fossem obras primas pelo seu primor técnico (nem sempre presente no lançamento por conta dos bugs) e seu custo de produção exorbitante, e a cada ano rareiam aquelas surpresas que nos fazem perder o fôlego, estando nós condenados à mediocridade ao som do mantra “60fps em 4K”.

Gráficos são importante, mas não o mais importante

A evolução da qualidade gráfica dos games não foi apenas inevitável, foi imprescindível, mas chegamos a um ponto em que a cada vez mais dinheiro é investido neste aspecto dos games, saturando o mercado de games com enredos cada vez mais rasos, quando existem.

Não estou dizendo que gráficos não são importantes, mas ressaltando uma tendência a supervalorizar um único aspecto dos games em detrimento de outros, quando os maiores games da história não são melhores só porque são os mais bonitos e mais avançados para a sua época.

Acredito que um game deva nos emocionar não só porque podemos compreender na expressão facial e nas palavras da personagem o que ela está sentindo, mas porque o cenário do game é crível e imersivo, a história é boa e bem contada e as personagens são carismáticas e multifacetadas.

Games With Gold e os Exclusivos inesquecíveis

Falando do Xbox, no Xbox original Masterchief conquistou uma legião de fãs e sustentou não só este console, mas levou para a geração seguinte, no Xbox 360, o seu carisma e todos os seus “seguidores”. Infelizmente, com a saída da equipe de produção original, Halo 5: Guardians não conseguiu manter a grandeza desta franquia como carro chefe do Xbox One, e carecemos de um título que possa fazer frente à concorrência.

Por mais que a retrocompatibilidade seja maravilhosa, agora sendo expandida para o Xbox original, e tenhamos a EA Access e ótimos games live gold, e o Xbox One X esteja chegando aí pra revolucionar o nível técnico presentes nos games, fica em aberto a pergunta: Onde está o exclusivo de peso do Xbox One?

O importante é a diversão

Enfim, independente de diferenças de opinião, cada um de nós comprou o seu Xbox One, seu Xbox One S, e comprará seu Xbox One X, ou outro console, para se sentar em seu sofá e se divertir.

Independente de qualquer crítica, de qualquer discordância e de qualquer coisa, temos em nossas mãos um oceano de games divertidos para todos os gostos, e como gamers nos encontraremos em cada um dos universos, que a cada ano são criados para vivermos juntos cada uma dessas aventuras. Vocês estão satisfeitos com o que a indústria dos games nos têm oferecido? O que esperam dos próximos títulos?

Artigos Populares

Publicidade